Uma mulher de 42 anos, a filha dela, de 16, e uma sobrinha, de 19, foram agredidas por um homem nesse domingo (8), após uma confusão que começou dentro de um ônibus da linha 6350 (estação Barreiro/estação Vilarinho), no bairro Novo das Indústrias, no Barreiro, em Belo Horizonte.

Segundo o boletim de ocorrência, o autor, que estava usando uma camisa do Cruzeiro, fugiu e ainda não foi identificado.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher contou que estava dentro do coletivo na companhia da filha e sobrinha, assim como vários torcedores com camisas do time. Um desses homens começou a assediar a mulher, dizendo que ela era “gostosa” e que estava apaixonado por ela.

Incomodada com a situação, a vítima desceu do ônibus em um ponto da avenida Waldir Soeiro Emrich, mas foi seguida pelo autor, que continuou fazendo insinuações. Ainda segundo a PM, ela começou a xingar o suspeito, que teria dado um empurrão na filha dela. A menor caiu e sofreu uma luxação, além de escoriações na mão.

Em seguida, ele teria dado um tapa no rosto da mulher. A sobrinha tentou defender a tia e também levou um soco no rosto.

Após as agressões, o homem teria entrado em um carro de transporte por aplicativo e fugido do local.

Ainda conforme a PM, antes das agressões começarem, elas teriam atirado pedras contra o ônibus na tentativa de atingir os homens que as estavam importunando e os vidros das janelas foram quebrados. 

A ocorrência foi encarrada na Delegacia Especializada de Orientação e Proteção ao Adolescente (Dopcad).