Duas mulheres foram presas em uma república do bairro Floresta, na região Leste de Belo Horizonte, enquanto preparavam bolinhos recheados de maconha para vender. A Polícia Militar chegou ao local após receber uma denúncia de um dos moradores da casa, que fica na rua Salinas.

Esse morador abriu a porta e permitiu a entrada dos militares, que sentiram um forte cheiro da droga e encontraram as duas jovens, de 20 e 25 anos, preparando os “brownies” na cozinha. Uma das suspeitas confessou que havia acabado de fazer a guloseima e que outros bolinhos ainda estavam no forno, mas que os produtos eram para consumo próprio.

No local também foram apreendidos formas para a produção de bolos e brigadeiros, uma balança de precisão, um dichavador de drogas e anotações contendo uma receita com o nome de "brisadeiro". No caderno havia ainda os cálculos dos custos para a produção e possíveis lucros com a venda das unidades.

De posse dessas anotações, a polícia encontrou indícios de que os produtos eram produzidos para a venda. As suspeitas foram presas em flagrante e o caso foi registrado na Central de Flagrantes I, no bairro Floresta.