Em um mundo ideal, um pai que "faz de tudo" nem seria tema de reportagem. A realidade, porém, ainda é outra: se historicamente o mundo ocidental moldou os homens para irem "à caça", relegando o afeto ou substituindo-o por tablets e heranças, existem iniciativas que rompem o paradigma e mostram que há o que se comemorar neste domingo (11), Dia dos Pais.

Em Belo Horizonte, o empresário Bruno Santiago, de 38 anos, uniu o sonho da paternidade com a oportunidade de negócio. Há quatro anos, criou aquela que é sua principal fonte de renda atual: o projeto 'Pai tem que fazer de tudo', que se materializou em livro, palestras e eventos sobre a experiência de cuidar do filho, Samuel, de 6 anos, juntamente com a ex-esposa, mãe do menino.

Uma das atividades do projeto é uma espécie de base móvel com fralda, trocador e orientação para papais. "Queria quebrar o estereótipo de que pai é um mero pagador de contas", afirma. "Pai pode chorar, ser sensível e dar beijo. Se você perdeu as primeiras palavras do seu filho, já era. Porém, você pode dar um beijo agora, mesmo que você tenha 100 anos e seu filho tenha 80", opina.

Pais pela internet

Se você ficou motivado e quer tornar este Dia dos Pais um marco para dar início a caminhada rumo a uma paternidade mais consciente, saiba que, assim como Santiago, há gente repensando a paternidade e motivando outros papais nesse processo de autoconhecimento. 

Marcos Piangers

Um dos mais famosos influenciadores é o gaúcho Marcos Piangers. Seu canal no YouTube tem mais de 290 mil inscritos e traz recortes do seu best-seller "O papai é pop", livro considerado referência sobre a paternidade. Dentre os temas tratados, há vídeos curtos sobre "a importância do eu te amo", "pais que decidem ser pais" e "meu filho não sai do celular". 

Paizinho, Vírgula!

Criado e mantido por Thiago Queiroz, o 'Paizinho, Vírgula!' estimula, a partir de informação em vídeo e podcast, a criação mais afetuosa, sensível e respeitosa dos filhos. Alguns dos temas tratados são a criação com apego, a disciplina positiva e a parentalidade consciente.

Plus: Fabrício Carpinejar

Se você ainda não é pai, mas sente que a relação com o seu pai ainda não é o que poderia ter sido, não se lamente. Pelo menos, esse é o grande estímulo que o escritor Fabrício Carpinejar oferece em seu best-seller "Cuide dos pais antes que seja tarde". 

Na obra, Carpinejar expõe sua própria intimidade e traz confissões, desabafos e conselhos para incentivar aqueles que ainda têm pai e mãe vivos a valorizá-los e tornar-se mais próximo deles.

Carpinejar também mantém vídeos em seu canal no YouTube.