O prolongamento do período de estiagem deixou em alerta a cidade de Sacramento, com cerca de 23,8 mil habitantes, na região do Alto Paranaíba do Estado. De acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), o córrego dos Pintos, um dos locais em que é feita a captação, está com apenas 20% da vazão. Devido à situação, caso não chova nos próximos dias, um racionamento poderá ser implantado na cidade.
 
Em fevereiro deste ano, a prefeitura já havia decretado estado de estiagem. O decreto, que teve validade de 90 dias, declarava situação de emergência provocada pela escassez hídrica. “Vivemos atualmente o período de seca mais crítico da história de Sacramento”, afirmou o diretor do Saae, Marcelino Marra Batista. 
 
Apesar da situação alarmante, o Saae informou que ainda não foi preciso diminuir a captação que é de 40 litros de água por segundo e fazer manobras técnicas de abastecimento. “O córrego dos Pintos está com capacidade para captação de apenas 80 litros de água por segundo. Usamos a metade apenas para o consumo humano e para não deixar o rio acabar de secar. Mesmo assim, a recomposição das bacias pode demorar anos”, destacou Batista. 
 
A situação, contudo, pode mudar de figura e o racionamento não foi descartado. "É preciso que chova no fim deste mês ou, no máximo, no início de novembro. Se isso não acontecer, não haverá como não fazer o racionamento", disse.
 
Nessa terça-feira (21), o prefeito da cidade visitou o córrego dos Pintos e constatou que alguns pontos do ribeirão já secou. “Estamos em estado de alerta. A população precisa ajudar evitando o desperdício para que Sacramento não passe por problemas de falta de água, como vem acontecendo em Uberaba”, disse, em nota, o prefeito Bruno Cordeiro.
 
 
Campanha
 
Para evitar o racionamento de água, a cidade iniciou uma campanha de conscientização. De acordo com a prefeitura, está sendo feita uma divulgação, por meio das mídias locais, com dicas e orientações para evitar o desperdício da água, como não lavar o carro e a calçada e não deixar a torneira aberta durante a escovação dos dentes.
 
Além disso, o diretor do Saae afirmou que, a partir da próxima semana, a campanha chegará até as escolas públicas e particulares de Sacramento.