Subiu para 156 o número de pessoas que morreram com a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), em Minas. Os casos confirmados para a enfermidade somam 4.611. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em boletim epidemiológico, neste domingo (17), que ainda mostrou que 89% das pessoas que morreram pela doença tinham, pelo menos, uma doença preexistente.

De acordo com a pasta, dos 4.611 casos, 2.203 seguem com condição clínica em acompanhamento pelos municípios; e 2.252 foram recuperados, ou seja, são pacientes que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem intercorrências.

Em Belo Horizonte, segundo o Estado, há 31 mortes até o momento e 1.129 casos confirmados. Ao todo, Minas tem 321 municípios com registro de pacientes com a doença.

O boletim completo pode ser visto aqui.

Comorbidades

O boletim traz dados parciais sobre os contaminados pela Covid-19 em Minas. Um dos dados mais importantes mostra que 89% das pessoas que morreram tinham, pelo menos, uma comorbidade, ou seja, uma doença preexistente à Covid-19. Veja o gráfico:

comorbidade

Clique para ampliar

Além disso, 76% das vítimas tinham 60 anos ou mais, o que representa 118 mortes, sendo 74 mulheres e 82 homens.