Um engenheiro, que viajava pela BR 459, entre Santa Rita do Sapucaí e Pouso Alegre, no Sul de Minas, levando sua mulher grávida e em trabalho de parto ao hospita, atropelou e matou uma outra mulher, identificada como Regiane Ferreira Tomaz, de 31 anos, que caminhava na rodovia. 

O próprio engenheiro acionou a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo informações da PMRv, Regiane não resistiu e morreu no local. A mulher grávida foi encaminhada para uma maternidade de Pouso Alegre e passa bem, apesar do susto. 

Ainda segundo a PMRv, o motorista contou que a rodovia estava tomada por neblina no momento do acidente e que não teve tempo de frear quando viu Regiane aparecer repentinamente no meio da pista. O condutor foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo, foi ouvido pelos policiais e liberado para acompanhar sua mulher. O casal não sofreu ferimentos.

O corpo de Regiane foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre.