O trabalho dos enfermeiros ganhou mais notoriedade com a pandemia de Covid-19. Não por acaso, já que esses profissionais estão 24 horas por dia diretamente em contato com os pacientes. No entanto, a atuação deles não se restringe apenas aos cuidados com os doentes e abrange também a gestão e orientação de equipes, além de outras mais de 140 especialidades registradas, segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), como resgate, estética, auditoria e enfermagem forense.

Com o intuito de apresentar algumas das diversas frentes da profissão, as Faculdades Kennedy realizam, entre esta segunda (10) e sexta-feira (14), a Semana do Acolhimento do curso de Enfermagem. O evento on-line gratuito é voltado para alunos, recém-formados, profissionaisda área e toda a comunidade em geral. Todas as palestras poderão ser assistidas no link único: meet.google.com/dif-snuf-ypc.

Para quem tem vontade de estudar Enfermagem, o futuro tende a ser promissor. Com a pandemia, o mundo passou a olhar e a se interessar mais pela área, que está mais valorizada e procurada, frisa Débora Cristine Gomes Pinto, coordenadora do curso de Enfermagem da Kennedy.

"As pessoas estão conhecendo a importância desse profissional no processo de cuidar do paciente e isso veio para ficar. No pós-pandemia, um dos cursos que provavelmente vai ter mais crescimento será a Enfermagem, pois ele é necessário não só agora, e sim durante toda a vida. À medida que vamos envelhecendo, quem oferece esse cuidado é o enfermeiro", explica a docente.

Um dos ramos de atuação que estão sendo mais buscados há alguns anos é o resgate a acidentados, informou Débora Cristine. Além dele, a professora cita o processo de educação dos técnicos de enfermagem, o cuidado de idosos, a área de estética, a estomaterapia (que trata das feridas agudas e crônicas, fístulas e incontinência anal e urinária), auditoria e e enfermagem forense, ao lado do Direito e da perícia.

Programação

Dia 10/08 
Horário: 19h
Palestra: “Primeiros Socorros: o básico que todo estudante de enfermagem deve saber"
Palestrante: Profa. Ms. Talline Aêredes Hang Costa
Mini-currículo: Enfermeira; Mestre em Epidemiologia pela UFMG e Especialista em Terapia Intensiva de Adultos. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da FKBH. Enfermeira Assistencial do Atendimento Pré-Hospitalar do Anjos dos Asfalto na Rodovia BR381. Instrutora / Diretora de cursos da American Heart Association representado pela Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (SOMITI)

Dia 11/08 
Horário: 19h
Palestra: “Desenvolvimento de Aplicativo para Acionamento de Socorro para o Deficiente Auditivo"
Palestrante: Prof. Ms. Éder Júlio Rocha de Almeida
Mini-currículo: Enfermeiro; Mestre em Tecnologia da Informação Aplicada à Biologia Computacional; Especialista em Urgência e Emergência; Especialista em Segurança do Paciente e Qualidade nos Serviços de Saúde; Especialista em Nefrologia. 

Dia 12/08
Horário: 19h
Palestra: “Enfermeira Obstétrica no Brasil: Formação e Cotidiano de Trabalho”
Palestrante: Profa. Ms. Gabriela Maciel dos Reis
Mini-currículo: Enfermeira; Mestre em Saúde Pública e Doutoranda em Saúde e Enfermagem na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Enfermeira Obstétrica titulada pelo Hospital Sofia Feldman. 

Dia 13/08
Horário: 19h
Palestra: “Atuação do Enfermeiro no Controle de Infecções”
Palestrante: Profa. Ms. Gleyka Lopes Martins
Mini-currículo: Enfermeira; Ms em Saúde Coletiva. Docente do curso de Enfermagem da FKBH. Experiência me Gestão de Serviço de Saúde e Serviço de Controle de Infecções. Atua no Controle de Infeções do Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro.

Dia 14/08
Horário: 19h
Palestra: “O Enfermeiro da assistência à gerência: compartilhando experiência”.
Palestrante: Profa. Ms. Michelle Timóteo da Silva
Mini-currículo: Enfermeira; Especialista em Saúde da Família; Mestre em Saúde Pública pela UFMG; Doutoranda em Saúde Pública pela UFMG. Docente do curso de Enfermagem da FKBH. Atuou por 4 anos como enfermeira da Atenção Primária no município de Sabará, posteriormente atuou por 2 anos como Coordenadora da Atenção Primária no mesmo município. Participou da implantação da Atenção Primária na Fundação Fiat.