O  Norte de Minas irá receber neste ano R$ 321,7 milhões para revitalização da região, conforme entrevista da nova presidente da Codevasf,  Kênia Marcelino, para o jornal “O Norte”, de Montes Claros.  A companhia sediada na cidade, está desenvolvendo ações e obras de projetos sustentáveis e de revitalização da bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Segundo a presidente, as ações já executadas contemplam 146 microbacias localizadas em 64 municípios.   Entre as obras de melhorias, estão também a implantação e ampliação dos sistemas de esgotamento sanitário“Cerca de 2.600 pessoas foram atendidas por essas ações”, diz 
 
No fortalecimento do desenvolvimento territorial, foram cerca de R$ 14,4 milhões aplicados em apicultura, piscicultura, ovinocaprinocultura; na capacitação e implantação de unidades de corte e costura, capacitação em informática, qualificação profissional em mecânica, elétrica e processos administrativos em parceria com o SESI/SENAI, e na capacitação e implantação de unidades de produção de artesanato. 

Kênia Marcelino assumiu a presidência da Codevasf  em julho do ano passado. È a primeira vez em 42 anos anos que a companhia  será comandada por uma mulher, e a primeira vez que uma servidora de carreira assume, sem condição provisória, a presidência da instituição. “ Nossas equipes vão continuar trabalhando com a mesma garra de sempre em todos os estados de nossa área de atuação. Mesmo com o momento de crise que estamos atravessando, o governo tem buscado ajustar suas finanças para retomarmos o crescimento e recompor orçamentos”, afirma a presidente.