Profissionais da educação das redes pública e privada de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, começam a ser vacinados em um posto drive-thru nesta quarta-feira (9). 

O imunizante será aplicado - das 9h às 15h, no Espaço Cultural - em trabalhadores de creches, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, cursos profissionalizantes, Educação de Jovens e Adultos e Ensino Superior.

Segundo a prefeitura, professores de cursos de línguas não serão contemplados neste momento.

A vacina aplicada será a AstraZeneca, com o limite de 1.400 unidades. "É importante ressaltar que esse imunizante é contraindicado para gestantes, puérperas ou pessoas com trombofilia plaquetária. Esses públicos devem aguardar a chegada de outras vacinas para serem atendidos", informou o executivo municipal.

Quem testou positivo para Covid-19 deve aguardar 30 dias a partir do recebimento do resultado do PCR para ser imunizado. Além disso, quem recebeu outra vacina, incluindo a da gripe, deve aguardar 14 dias para ser atendido com o imunizante contra o novo coronavírus.

Em função da mobilização da equipe de imunização para o drive-thru, a sala da vacina da UBS do Cabeceiras, que atualmente funciona na associação comunitária do bairro, ficará fechada.

No momento da vacinação é preciso apresentar um documento de identificação com foto e CPF, declaração de vínculo trabalhista assinada e carteira de trabalho e previdência social (CTPS) com especificação da função ou contracheque ou contrato de trabalho.