O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), declarou, nesta segunda-feira (18), que uma nova remessa de doses da vacina contra a Covid-19 deve chegar ao Estado em uma semana. 

O primeiro lote do imunizante, com 561 mil unidades, chega hoje e será destinado aos grupos prioritários, compostos por profissionais da saúde, idosos que estão em casas de repouso e indígenas.

“É questão de horas para que essas doses estejam descendo. Vai para a central de distribuição, e, daí, para todo o Estado, disse Zema em entrevista à rádio BandNews.

Zema
Na semana passada, governador acompanhou a entrega de seringas em algumas cidades do Estado

A expectativa é que todas as doses iniciais já tenham sido aplicadas nesses públicos até o fim desta semana. Em Belo Horizonte, a vacinação terá início de forma imediata. "Assim que a vacina chegar, em uma hora começa a vacinação na capital", declarou o governador.

Até terça

O chefe do executivo estadual ainda disse que, até o fim desta terça-feira (19), os 853 municípios mineiros devem receber as primeiras doses da CoronaVac.

Segundo ele, as 28 regionais de saúde estão preparadas para o armazenamento do imunizante. Em seguida, as prefeituras deverão buscar as doses no local.

Primeiro vacinado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) ainda trabalha na definição de quem serão os primeiros vacinados contra a Covid em Minas. 

Segundo o governador, a princípio não irá tomar a vacina, pois "não está no grupo de risco". No entanto, declarou que, se precisar, como forma de incentiva à população, ele irá se imunizar. "Não quero furar fila", afirmou.

Leia também:
No dia em que Minas pode dar início à vacinação, Estado ultrapassa 646 mil casos de Covid-19
Vacinação contra a Covid-19 em Minas deve começar às 17h desta segunda-feira, afirma Zema
Primeiro lote: saiba como foi definida a quantidade de vacinas contra Covid para Minas