O Hospital Eduardo de Menezes (HEM) terá nova sede onde, hoje, está situado o Hospital Galba Velloso, no Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte. A informação foi confirmada pela Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) nesta terça -feira (4) após o governo estadual ter divulgado, em novembro de 2021, informações sobre obras que serão realizadas no local.

Segundo o governo do Estado, serão investidos R$ 200 milhões para a construção da nova sede do HEM. Atualmente, o hospital está sediado na região do Barreiro e é referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, com papel importante no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus na capital.

A expectativa é de que as obras de construção do novo Eduardo de Menezes durem cerca de dois anos. A estrutura contará com 110 leitos de enfermaria, 10 de terapia intensiva, 15 de terapia semi-intensiva, 10 no hospital-dia e 10 na Unidade de Decisão Clínica.

Enquanto a construção do novo HEM não termina, o hospital segue funcionando no Barreiro.

À reportagem do Hoje em Dia, a Fhemig informou que as decisões sobre o futuro da atual sede do HEM, detalhes sobre as obras da nova unidade e o que será feito com a estrutura do Galba Velloso serão determinadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

As informações foram solicitadas à SES-MG, que ainda não retornou o contato.

Galba Velloso
Fundado em 1961, o Hospital Galba Velloso foi referência no atendimento de pacientes psiquiátricos em Belo Horizonte.

Em outubro de 2020, a estrutura do hospital foi utilizada como retaguarda às unidades dedicadas ao atendimento de pacientes com Covid-19. No Galba Velloso eram atendidos casos clínicos não relacionados ao coronavírus.

Atualmente, as atividades no hospital psiquiátrico foram paralisadas. De acordo com a Fhemig, desde seu direcionamento como unidade de retaguarda, os pacientes com necessidade de atendimento psiquiátrico foram direcionados ao Instituto Raul Soares, região Leste da capital, quevem  suprindo essa demanda.

Leia mais:
Acompanhe audiência pública sobre vacina contra Covid-19 para crianças
'Flurona': veja o que já se sabe sobre a dupla infecção pelos vírus da gripe e da Covid-19