O Centro de Testagem e Aconselhamento de Belo Horizonte, instalado no 3º andar do Shopping Uai, no Centro da capital, foi inaugurado nessa quinta-feira (27). No local, a população terá acesso a materiais de prevenção, material informativo, teste rápido para HIV, sífilis e hepatites B e C, além de aconselhamento e encaminhamento aos serviços de saúde da Prefeitura de BH.

O atendimento na nova sede terá início no dia 2 de janeiro. A equipe da unidade é formada por assistente social, psicólogo, enfermeira, técnico de enfermagem, farmacêutico e administrativo. O serviço funciona por demanda espontânea, ou seja, não é necessário agendamento prévio. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. A testagem rápida é realizada das 8h às 11h e das 12h às 16h.

“Mesmo com a crise que está afetando o país e o Estado, o município está abrindo um novo espaço que vai oferecer, com estrutura acolhedora e aconchegante, testes rápidos de forma anônima, em uma região que tem um grande fluxo de pessoas, ampliando o acesso aos serviços”, disse o vice-prefeito Paulo Lamac.

Para o secretário municipal de saúde, Jackson Machado Pinto, o novo equipamento de saúde vem ao encontro da ideia da prefeitura de fazer a saúde ir onde o povo está “Essa região é de extrema importância, onde circulam muitas pessoas. Esse espaço vai facilitar o acesso aos testes rápidos, além do aconselhamento e encaminhamento daquelas pessoas que forem positivas para os outros serviços de saúde que a Prefeitura oferece”, disse.

Outras unidades

Além da nova unidade, a população conta com o Centro de Testagem e Aconselhamento do Sagrada Família, com o Centro de Treinamento e Referência em Doenças Infecciosas e Parasitárias Orestes Diniz, no bairro Santa Efigênia, e ainda com a Unidade de Referência Secundária Centro-Sul, no bairro Funcionários. Juntos, esses serviços realizaram mais de 76 mil testes rápidos contra HIV, sífilis e hepatites B e C, em 2018. 

Leia mais:

Confira o que abre e fecha em BH no feriado de Ano Novo
Retrospectiva 2018: relembre lendas, maratonas e muitas saudades na área cultural
Servidores do Centro de Saúde Campo Alegre protestam por segurança e estrutura em BH