O Corpo de Bombeiros informou, na manhã desta quinta-feira (13), que ainda há uma instabilidade no talude do local onde houve um deslizamento de terra em Ouro Preto, na região Central de Minas. Em caso de um novo desmoronamento, um hotel e um restaurante podem ser atingidos. 

Segundo a corporação, aproximadamente 500 metros para cada saída da região do Morro da Forca foram isoladas. Moradores de imóveis próximos ao local também foram evacuados. 

Devido ao deslizamento, ocorrido nesta manhã, um casarão do século XVII, localizado na Praça da Estação, ficou totalmente destruído. Um segundo imóvel também foi atingido

Ainda de acordo com os militares, um trabalho de vistoria foi iniciado pouco antes no local, quando toda a área foi evacuada. Ninguém ficou ferido. “Equipes seguem fazendo trabalho de vistoria nas outras residências que ficam na região para verificar necessidade e viabilidade de evacuação de mais casas. É fundamental que a população respeite a área que está isolada, já que novos movimentos de massa podem ocorrer”, disse o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara. 

Não chovia na cidade no momento do deslizamento, no entanto, as precipitações que atingiram Ouro Preto nos últimos dias foram responsáveis por deixar solos encharcados e intensificar o risco geológico. 

“Por mais que não chova na região, o risco continua muito alto. O solo fica saturado de água e essa saturação pode gerar um movimento de massa mesmo no momento em que a chuva não está acontecendo”, concluiu. 

Veja imagens do exato momento do acidente:

Leia mais:
'De certa forma já era esperado', diz prefeito sobre deslizamento que destruiu casarão em Ouro Preto
Moradores relatam pânico na hora do deslizamento de terra em Ouro Preto
Deslizamento destrói casarão histórico, causa pânico e correria em Ouro Preto; veja vídeos