Três novos radares de controle de excesso de velocidade estão em funcionamento a partir desta terça-feira (12), na BR-135, em Minas. Os equipamentos estavam instalados na via desde 5 de janeiro, mas, até então, operavam em modo educativo.

Agora, motoristas que desrespeitarem os limites estabelecidos serão multados nos quilômetros 408,80, e 413,95, em Bocaiúva, no Norte de Minas. O primeiro com velocidades máximas permitidas de 100 km/h e 80 km/h, para veículos leves e pesados, respectivamente. Já o segundo, até 60 km/h. 

Ainda conforme o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas (DER-MG), o terceiro equipamento foi instalado no quilômetro 602,3, em Curvelo, na região Central. Lá, a máxima permitida é 60 km/h.

Com os novos dispositivos, o DER-MG administra 467 radares fixos nas rodovias mineiras. Até o fim do ano, Minas Gerais deve chegar a 800 aparelhos de controle de excesso de velocidade nas vias estaduais.

A intenção do governo é que todos os aparelhos tenham a tecnologia de leitura de placas de veículos, que ajuda a identificar, por exemplo, carros com documentação irregular. Hoje, o sistema já funciona em um terço dos que estão instalados.

Segurança

O DER destaca que o controle eletrônico de velocidade tem como principal objetivo garantir a segurança dos usuários que transitam pelas rodovias mineiras. Por isso, orienta os motoristas a respeitarem os limites estabelecidos para cada trecho, independentemente da presença dos equipamentos.

No site, há a relação completa dos radares fixos em operação no estado, incluindo a localização e a velocidade máxima permitida.

Leia mais:
Estado pretende quase dobrar radares nas estradas mineiras neste ano
Minas vai reativar 42 balanças de pesagem nas rodovias neste semestre
Prefeitura de BH faz substituição gradativa de 65 radares espalhados pela cidade