Quem rotineiramente passa pela avenida Carandaí, entre a avenida Brasil e a rua Rio Grande do Norte, no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, está acostumado a ver no canteiro central um dos mais belos e bem cuidados jardins da cidade. São várias espécies de plantas e flores, além da grama verde. Porém em plena primavera, o local já não está tão bonito como de costume. Parte do canteiro foi removido para alargar a rua com a justificativa de dar mais fluidez ao trânsito.

Segundo a BHTrans, a obra tem como objetivo melhorar a fluidez na região alterando os acessos à rua Rio Grande do Norte e avenidas Carandaí e Brasil. Essas mudanças vão também viabilizar melhorias no tempo dos semáforos no cruzamento das avenidas Bernardo Monteiro, Brasil e Carandaí.

No entanto, a justificativa da BHTrans não agradou algumas pessoas. Uma delas é a técnica de enfermagem Maria Auxiliadora Miranda, trabalha em um hospital da região e quase todos os dias passa a pé pelo canteiro. Ela considera desnecessária a obra e diz que é um espaço verde a menos na capital. "Sempre admirei esse jardim. São flores lindas e um gramado belíssimo. Apesar de ser um pequeno trecho, todos que passam por aqui contemplam a beleza do local. Acho que poderiam achar outra maneira de melhorar o trânsito", opinou.

Porém, há quem acha válida a obra. É o caso do vendedor de picolés, Dário Marques, que trabalha na esquina das avenidas Carandaí e Brasil há pouco mais de dois anos. "Quase todos os dias acontecem acidentes aqui. Por isso, acho válido a obra pra melhorar e trazer mais segurança ao trânsito. Lógico que não desejaria que o canteiro fosse destruído, por isso espero que seja revitalizado no espaço que irá sobrar", disse otimista.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente informou que que estudos estão sendo realizados para melhorar a questão paisagística, evitando o corte de árvores ou prejuízos para o meio ambiente. Além disso, justificou que a obra é necessária em função de modificações na circulação do trânsito local, com o intuito de melhorar a mobilidade urbana na região.