Oitocentos leitos serão construídos a partir desta quarta-feira (24) no centro de convenções Expominas, na região Oeste de Belo Horizonte. A medida, anunciada na tarde desta terça-feira (24) pelo governador Romeu Zema, visa a atender um eventual aumento de pacientes com Covid-19. Até agora, são 130 casos confirmados e quase 12 mil suspeitos em todo o Estado.

O hospital provisório será montado em 18 mil metros quadrados. A área total do espaço, pertencente ao governo mineiro, é de 72 mil metros quadrados.

De acordo com Romeu Zema, o galpão onde os leitos serão instalados é climatizado. A expectativa é a de, em outro momento, alocar mais cem vagas em um anexo ao Expominas.

O chefe do Executivo disse, ainda, que parte dos recursos usados virá de doação da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). O dinheiro seria referente, conforme o governador, ao patrocínio que a entidade faria em feiras que foram suspensas por conta da pandemia.

Leia Mais:
Mil novos leitos: Expominas pode virar hospital improvisado para atender vítimas da Covid-19
Aneel suspende corte de energia por inadimplência por 90 dias
Casos de Covid-19 no Brasil passam de 2.200. Mortes chegam a 46