Os índices de monitoramento da Covid-19 continuam altos em Belo Horizonte, mas se mantiveram estáveis nesta terça-feira (9). Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, a ocupação dos leitos de UTI está em 85,3%, considerada alerta máximo, e que representa lotação de 646 leitos das redes SUS e suplementar.

Outro número que também preocupa é a ocupação das enfermarias, que chegou a 69,6%. Já o número médio de transmissão por infectado permaneceu em 1,16, o que significa que cada 100 pessoas infectadas podem transmitir a doença para outras 116, em média.  

Ainda segundo o levantamento, a capital mineira tem 118.929 infectados pela Covid-19. Desses, 2.832 pacientes perderam a vida para a doença. Outras 5.636 seguem em acompanhamento.

Vacinação

Até o momento, 141.702 belo-horizontinos foram imunizados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus. A segunda dose já foi aplicada em 72.606 moradores da capital.  

A Prefeitura de Belo Horizonte recebeu cerca de 37 mil novas doses de imunizantes contra a Covid-19, referente à sexta remessa entregue pelo Ministério da Saúde ao governo de Minas na última semana, com 285.200 doses da CoronaVac.

De acordo com a prefeitura, os próximos públicos a serem vacinados estão sendo definidos conforme as orientações do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.