Operação contra tráfico de animais prende 75 e aplica R$ 1 milhão em multas

Hoje em Dia
28/10/2015 às 19:01.
Atualizado em 17/11/2021 às 02:15
 ( Sisema/Divulgação)

( Sisema/Divulgação)

A Operação Bicho do Mato II, deflagrada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) para coibir o tráfico de animais, terminou com a prisão de 75 pessoas. Conforme o órgão, 880 animais foram apreendidos, sendo 879 aves e um réptil. Além disso, foram aplicadas multas de R$ 901.828 em multas e apreendidos 436 gaiolas, seis viveiros, 126 alçapões, duas armas, 19 redes de pesca e 11 kg de peixes.

A ação teve início no dia 19 de outubro e foi realizada nas regiões do Norte e Nordeste de Minas. Segundo o Governo, as fiscalizações ocorreram nos municípios de Águas Vermelhas, Almenara, Araçuaí, Cachoeira do Pajeú, Coronel Murta, Divisa Alegre, Itaobim, Jequitinhonha, Medina, Pedra Azul, Ponto dos Volantes, Rio do Prado, Rubim, Salinas e Vargem da Lapa.

“Após examinarmos os animais, concluímos que 592 deles estavam saudáveis e fisicamente preparados para serem reinseridos na natureza. Eles então foram soltos em áreas que passaram por uma avaliação dos nossos técnicos, consideradas aptas para receberem os animais”, acrescentou Daniel Sampaio Colen, chefe de fiscalização da fauna da Semad.

Os 288 animais que foram considerados debilitados fisicamente foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Belo Horizonte (Cetas-BH), onde receberão os cuidados necessários para reabilitação.

A ação, planejada e coordenada pela Semad, contou com o apoio da Polícia Militar de Meio Ambiente, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de Estado de Fazenda (SEF).

Em 2014, a operação de fiscalização Bicho do Mato I apreendeu 724 pássaros e 675 gaiolas e aplicou R$ 788 mil em multas.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por