Pelo menos 16 "flanelinhas" foram presos no entorno da Feira Hippie, no Centro de Belo Horizonte, na manhã deste domingo (29).

A ação, que teve apoio de fiscais da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), foi realizada depois que a Polícia Militar (PM) recebeu denúncias de que condutores estavam sendo extorquidos por flanelinhas na região.

Batizada de "Operação Flanelinha", a ação prendeu 16 pessoas por exercício ilegal da profissão, sendo que, segundo a PM, a maioria deles tem passagens pela polícia por crimes como porte ilegal de arma de fogo, roubo, furto e tráfico.

Uma mulher também foi presa por desacato. Todos os detidos foram conduzidos para a 4° Companhia da Companhia Militar, na Rua da Bahia.

A operação, que contou com oito policiais militares e quatro fiscais da PBH, ainda apreendeu 16 baldes utilizados pelos flanelinhas para lavar carros.

Leia mais:
Cerca de 20 'flanelinhas' são presos antes de clássico entre Atlético e Cruzeiro