Mais de 500 celulares suspeitos de furtos e roubos foram apreendidos em um shopping popular de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (9), durante uma megaoperação contra receptação. No total, nove suspeitos foram detidos e encaminhados para a delegacia.

A ação, que contou com a participação de mais de 300 agentes da Polícia Militar, Receita Federal, Ministério Público e prefeitura, aconteceu no Shopping Xavantes, no hipercentro da capital, após a Justiça expedir 20 mandados de busca e apreensão.

Durante buscas no local, a força-tarefa apreendeu 20 celulares com queixas de roubo, furto e extravio, e outros 494 de procedência duvidosa, em que os comerciantes não apresentaram nota dos aparelhos.

Além disso, foram recolhidos sete computadores e 22 tabletes em 20 boxes que foram fiscalizados. Os detidos, conforme explicou a PM, eram responsáveis pelos boxes e serão investigados por envolvimento com receptação.

O crime prevê pena que varia de 1 a 8 anos de prisão, sendo a pena máxima em caso de qualificadora, quando o comerciante sabe que está comprando e revendendo um produto roubado e furtado.

Procurado pela reportagem, o Shopping Xavantes informou que não permite a comercialização de produtos irregulares e que está disponível para colaborar com as operações policiais.