Trinta e dois mandados de busca cumpridos e nove conduzidos à delegacia. Este foi o resultado da operação “Era do Cobre”, realizada na manhã desta terça-feira (1º) em Itabira, na região Central do Estado.

A ação é uma resposta à atuação de uma quadrilha que, nos últimos três meses, causou um prejuízo estimado em R$ 4 milhões em furtos e roubos de cobre de uma mineradora que atua na cidade.

Os mandados foram cumpridos no Aglomerado da Pedreira, de onde foram conduzidos nove suspeitos de envolvimento com o grupo e com crimes como posse ilegal de arma de fogo.

Dos nove conduzidos, dois adolescentes foram ouvidos e liberados. Vandeir Alves Soares foi preso em flagrante por furto de um colete balístico subtraído de um agente de segurança da mineradora em janeiro deste ano.

Já José Geraldo Souza Silva, teve a prisão ratificada por posse ilegal de uma pistola 765, que suspeita-se ter sido utilizada em uma dupla tentativa de homicídio na cidade de Santa Maria de Itabira. Os demais investigados responderão por crimes de menor potencial ofensivo.

Para a ação, foram empenhados 140 policiais civis de todo o estado e 35 viaturas.

Balanço de apreensões:

- 47 buchas de maconha
- Um pé de maconha
- Uma pistola 765
- Um colete a prova de balas
- Três pássaros silvestres
- Um alicate corta-cadeados
- Dezenas de ferramentas e objetos frutos de furto/roubo