Operação policial fará abordagens em 30 pontos de rodovias mineiras na divisa com São Paulo e Rio

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
19/05/2021 às 16:33.
Atualizado em 05/12/2021 às 04:58
 (Divulgação/ Sejusp)

(Divulgação/ Sejusp)

Com o objetivo de reforçar a segurança e prender criminosos, cerca de 20 mil policiais de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro deflagraram simultaneamente, nesta quarta-feira (19), a segunda etapa da operação "Divisas Integradas IV". No Estado, pelo menos 30 pontos de rodovias serão alvos de abordagens em regiões de divisas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), um dos destaques em Minas é o uso do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, uma carreta com tecnologia embarcada e de ponta, com câmeras de longo alcance e capacidade de realizar imagens noturnas e térmicas. O equipamento estará na Zona da Mata.

Conforme a pasta, a atuação por aqui é empenhada pelas polícias Militar, Civil, Penal, além da Rodoviária Federal (PRF), do Sistema Socioeducativo e das receitas Estadual e Federal. Também colaboram agentes do Exército Brasileiro e da Marinha.

A primeira etapa da operação teve início na última quarta-feira (12), com a realização de atividades de inteligência e com o cumprimento de mandados pela Polícia Civil. Nesta quarta, começaram as ações preventivas e ostensivas, como as abordagens em rodovias. Ao todo, são empenhados 6.770 viaturas, 17 aeronaves, 17 drones, 142 cães e 91 embarcações nas três unidades da federação.

Procurada, a Sejusp informou que ainda não tem um balanço das ações e prisões dessa primeira parte da operação.
 
"Divisas Integradas IV"

A primeira edição da operação "Divisas Integradas" ocorreu em julho do ano passado entre os estados de São Paulo e Minas Gerais. Em agosto, mais uma ação foi realizada, reunindo o território paulista e o Estado do Paraná.

Já a terceira fase foi deflagrada em outubro, unindo pela primeira vez mais de duas unidades federativas, contando com a participação de forças de segurança de São Paulo, Minsa, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Nesta quarta etapa da operação, e a primeira do ano de 2021, o marco é a participação do único Estado que até então não tinha composto a ação interagenciais – o Rio de Janeiro.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por