Uma operação da Superintendência de Fiscalização Ambiental Integrada da Secretaria de Estado de Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) fiscalizou os municípios de Novo Cruzeiro, Poté e Itaipé no Vale do Mucuri e Jequitinhonha. Na operação foram apreendidas 45 aves em situação irregular e um primata da espécie Callithrix geoffroyi(Sagui-da-cara-branca). No total foram aplicados R$ 67 mil reais em multas.

Durante o trabalho, os fiscais verificaram 15 criadores amadores e atenderam a duas denúncias feitas por cidadãos comuns. Os pássaros apreendidos na operação foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Governador Valadares. O pássaro trinca-ferro (Saltator similis) foi a espécie com maior número de indivíduos apreendidos.

“Uma novidade nessa Operação foi a apreensão do pássaro conhecido como Pimentão (Saltator fuliginosus), que estava sob cativeiro ilegal de um dos infratores, no município de Itaipé. Este pássaro nunca tinha sido apreendido pela fiscalização da Semad”, disse o chefe da fiscalização da Fauna, Daniel Colen.

Destaque para um primata da espécie Callithrix geoffroyi(Sagui-da-cara-branca). O animal foi encontrado sob a guarda ilegal de um cidadão, que também foi apreendido pela equipe da fiscalização.

“Como o animal ainda mantinha o comportamento característico da espécie, após avaliação dos biólogos e veterinários da equipe, foi solto em uma mata próximo ao município de Ladainha”, afirmou Daniel Colen. O cidadão foi conduzido para a delegacia da região.