Além de organizar uma festa proibida pelas autoridades, provocando aglomeração num sítio no bairro de Areias, em Ribeirão das Neves, durante o período de pandemia, dupla é presa por prática de estelionato.

Os produtos vendidos durante a festa "Conexão Carnaval" seriam fruto de compra de cervejas, sucos, garrafas de água e garrafas de uísque por meio de cartões virtuais falsos.

A Polícia Militar se dirigiu ao local e prendeu os suspeitos, que teriam admitido comprar os produtos em um supermercado com a ajuda de uma funcionária terceirizada, que teria confeccionado os cartões.

A mulher foi localizada e presa.