Uma das notícias boas deste sábado (11) vem do Hospital Keralty Barreiro, em Belo Horizonte. Recuperado da Covid-19, o motorista de ônibus Adriano Gonçalves Mol, de 58 anos, deixou a unidade de saúde na companhia da família e sob os aplausos da equipe médica.

Ele, que é hipertenso, ficou internado por 40 dias, sendo 25 deles no Centro de Terapia Intensiva, lutando contra a doença provocada pelo novo coronavírus. "Nos primeiros dias, teve apenas sintomas de um resfriado mesmo e só queria ficar deitado", explicou o filho, o recepcionista Cleber Junior Mol.

Após três dias apresentando um quadro gripal, foi ao hospital, fez o teste e já ficou internado. "Eu fiquei assutado quando o vi, a gente não imagina que uma doença pode 'acabar' tanto com a pessoa. Ele ficou muito magro".

Infectados

A família mora em Contagem, na Grande BH. Cleber Mol conta que, após a internação, ele e a mãe foram orientados a fazer o teste e descobriram que também contraíram a doença. A mãe é diarista e apresentou apenas perda de apetite, enquanto o recepcionista não teve sintomas. Ambos ficaram em isolamento em casa. 

Os familiares recebiam atualizações sobre o estado de saúde do pai por telefone. As ligações eram recebidas pela outra filha do casal.

Saudades

Feliz por estar em casa, o Sr. Adriano já se alimentou sem a sonda, e vai retomar as sessões de fisioterapia para voltar a andar.  "A primeira coisa que ele fez foi pedir para ver o netinho de três anos; ele estava com muita saudade do Heitor", disse o filho.

Até o momento, 7.522 pacientes já se recuperaram da Covid-19 na capital mineira, segundo o boletim epidemiológico da Secretaria Muncipal de Saúde desta sexta-feira (10).