Pacientes da ala de politraumatismo do Hospital Pronto Socorro João XXIII, na região Centro-Sul de BH, foram removidos às pressas dos leitos nesta quinta-feira (23). Isso porque um vazamento de água no teto ameaçou inundar o setor da unidade.

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), que administra o hospital, não confirmou quantos pacientes precisaram ser realocados, nem para onde eles foram transferidos. A causa do vazamento também é desconhecida.

Em nota, a Rede Fhemig afirmou que "já foi feita a manutenção do cano hidráulico que rompeu nessa manhã em uma das salas do Hospital João XXIII. Ao se identificar o problema, os pacientes foram rapidamente remanejados para outras salas, não afetando a rotina assistencial".

Por fim, a entidade disse que a ala de politraumatismo ficará isolada temporariamente, até que possa receber pacientes mais uma vez. O João XXIII é referência em atendimento a vítimas de acidentes e queimaduras em Minas.

Leia mais:
Vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid é ‘questão de tempo’, diz secretário de Saúde
Das 425 multas aplicadas pelo não uso de máscara em BH, só 32 foram pagas