A Polícia Civil prendeu um pai de santo, de 78 anos, suspeito de estupro durante rituais umbandistas em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Pelo menos quatro mulheres teriam sido abusadas.

As investigações começaram em maio após uma mulher procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) dizendo que tinha sofrido abuso do pai de santo em um centro umbandista no bairro Água Branca. “Segundo a vítima, quando chegou ao local marcado pelo suspeito, ele informou que para que pudesse ser curada a mulher precisaria passar por um banho de ervas. O homem então rasgou as roupas íntimas dela e começou a passar a mão em todo seu corpo, inclusive na área genital”, informou a delegada Mellina Isabel Silva Clemente.

Esta vítima teria relatado que procurou o homem junto com outras três mulheres, após receber indicações. 

Ainda de acordo com a delegada, a mulher disse que o suspeito cometeu os abusos dizendo que ela precisaria ter prazer para que pudesse ser curada dos males. “Na delegacia ainda recebemos outras três vítimas que relataram a mesma situação de abuso, tendo inclusive uma delas tentado suicídio por conta do fato ocorrido”.

O homem foi detido na tarde dessa quarta-feira (17) quando saía da residência, no bairro Glória, em Contagem. Ele não possuía antecedentes criminais e foi encaminhado ao sistema prisional.

Ainda de acordo com a corporação, com a divulgação do caso, novas vítimas podem aparecer, uma vez que o homem atuava no centro umbandista há 35 anos. “Continuamos as investigações para verificar se outras mulheres que teriam sido abusadas pelo suspeito possam efetivar as denúncias”, explicou o delegado Luciano Guimarães.