Mais bicicletas compartilhadas estão à disposição dos moradores e visitantes da região da Pampulha, em Belo Horizonte. Foi inaugurado neste domingo (8), pela prefeitura, o Bike BH. O lançamento faz parte do mês da mobilidade, comemorado em setembro.

O sistema contará com 14 estações e cem bicicletas e será operado pela Soluções em Mobilidade e Segurança Urbana (Serttel), credenciada no processo de chamamento público realizado no primeiro semestre deste ano. A empresa ficará responsável por implantar, instalar, dar manutenção e operar todo o funcionamento do sistema.

Os locais para implantação das estações foram avaliados e aprovados pelas diversas instâncias de preservação do patrimônio, considerando que o local integra o Conjunto Moderno da Pampulha, eleito patrimônio mundial pela Unesco.

A implantação de sistemas de compartilhamento é estratégica em cidades que têm como meta o aumento dos deslocamentos por esse modo ativo. De acordo com a PBH, as bicicletas compartilhadas estão em consonância com as diretrizes do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte (PlanMob – BH).

Para usar as bicicletas compartilhadas, é só baixar o aplicativo Bike BH pelo Play Store ou Apple Store e fazer o cadastro. 

Investimentos na rede de ciclovias

A BHTrans dá início, na próxima semana, à elaboração de um projeto de 51 km de ciclovias em vias da cidade que alimentam a rede de transporte público por ônibus, de modo a promover a integração modal bicicleta/ônibus e complementando trechos de infraestrutura cicloviária já implantados anteriormente.

Será feito também um trabalho de revisão e elaboração do projeto executivo de infraestrutura da ciclovia da orla da Lagoa da Pampulha para que os 7,5 km da ciclovia que atualmente estão na pista de rolamento sejam instalados no nível da calçada. O objetivo é dar continuidade aos 11 km restantes já implantados dessa forma, assegurando mais segurança para os ciclistas.