O Papai Noel que foi acusado por uma mãe de ficar excitado ao colocar a filha dela, de 10 anos, no colo, no Big Shopping, em Contagem, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) nessa quarta-feira (11) contra a mulher, alegando estar sendo difamado. Ele disse que tomou conhecimento das imagens que viralizaram nas redes sociais por meio de sua filha.

Em entrevista à rádio Itatiaia nesta quinta-feira (12), o "Papai Noel" disse que irá processar a mãe que fez o relato no Facebook. 

Segundo consta no B.O., o homem de 58 anos diz sofrer de hidrocele testicular, anomalia conhecida popularmente como "água no saco", segundo ele, e que faz com que o testículo direito seja bem maior do que o normal. O "Papai Noel" também informou que possui o laudo médico que comprova sua patologia. 

O boletim de ocorrência foi registrado diretamente na delegacia, em Contagem, às 11h dessa quarta. O homem ainda registrou que, em nenhum momento, a mãe que o acusa foi questioná-lo sobre a situação. 

A Polícia Civil informou que além de instaurar inquérito para apurar a denúncia da mãe, que alega que a filha foi vítima de importunação sexual enquanto tirava as fotos no shopping, também vai apurar a denúncia de calúnia contra o "Papai Noel". Os dois devem ser ouvidos na Delegacia da Mulher em Contagem.  

Devido a repercussão das fotos e do relato da mãe no Facebook, o shopping interrompeu o serviço do Papai Noel e emitiu uma nota sobre o ocorrido. Procurada pela reportagem, a assessoria do Big Shopping informou que continua apurando a situação para emitir um novo posicionamento.