O homem que estuprou, matou e arrancou o coração de Raiane Aparecida Cândida, de 10 anos, em Buenópolis, na região Central de Minas, inicialmente visava estuprar a garota. Essa é uma das conclusões preliminares da investigação que é conduzida pelo delegado Vitor Amaro Beduschi.

Nesta quinta-feira (9) foi feita uma diligência pelo local do crime. Segundo o policial, Jairo  Lopes, de 42 anos, conseguiu convencer agarota a acompanhá-lo ao matagal usando de sua lábia. Lá, ele a estuprou ainda viva. Com medo de ser preso, ele matou a garota, praticou sexo anal com o cadáver e arrancou seu coração para garantir que o assassinato seria consumado.

"Trata-se de um caso de progressão criminal", explicou o delegado.

As buscas dessa quinta foram na tentativa del ocalizar o órgão retirado da menina. A motivação para a retirada do órgão não foram ainda completamente esclarecidas. "Nós conseguimos esclarecer fatos, mas não intenções", disse.

Em entrevista coletiva, Jairo levantou a possibilidade de uso do órgão em rituais de magia negra, o que não é confirmado de forma oficial.

Inicialmente, Jairo negou ter cometido o crime ao ser preso. Contudo, acabou confessando. Segundo a Polícia Civil, o tempo todo ele foi vago quanto a possível motivação do crime e a Polícia Civil não descarta nenhuma linha de investigação. Jairo era vizinho da vítima e já teria abordado a criança em data anterior aos delitos. Ele estava na cidade há cerca de dois meses com o nome falso de "Adalto". O suspeito é foragido da Justiça e já responde pelos crimes de estupro, homicídio e roubo.

Ele foi encontrado pela Polícia Militar (PM) enquanto estava escondido em um matagal da Zona Rural da cidade de Bocaiuva, também na Região Central. A prisão só foi possível porque trabalhadores avistaram o suspeito andando pelo matagal, o cercaram e chamaram a polícia. Alguns moradores queriam agredi-lo, porém foram contidos pelos policiais.

Segundo a PM, o suspeito utilizava estratégias para dificultar a sua captura pela Polícia, como, por exemplo, andar pelo matagal usando apenas calça jeans. Ele estava sendo procurado desde o dia da denúncia do desaparecimento, na quinta-feira (2).

Segundo o delegado responsável pelo caso, atualmente ele se encontra em trânsito e não se sabe para qual unidade prisional ele será encaminhado.

Leia mais

Suspeito de estuprar e arrancar coração de menina de 10 anos é preso na Região Central de Minas
Polícia intensifica buscas por suspeito de estuprar e matar menina de 10 anos em Buenópolis
Menina assassinada e estuprada em Buenópolis teve o coração arrancado