Começou às 11h deste domingo (11) a concentração para a 22ª edição da Parada do Orgulho LGBT na Praça da Estação, no Centro da capital mineira. Com o tema "Não aos retrocessos! Revivendo Stonewall", a manifestação desse ano faz referência à rebelião ocorrida em Nova York há 50 anos e que determinou a data para as paradas de todo o mundo. O prefeito Alexandre Kalil deve marcar presença. 

Diversos artistas da cena belo-horizontina se apresentarão no palco montado na praça. As atrações foram escolhidas por meio de um edital que permitia aos interessados candidaturas de suas performances, de acordo com o coordenador artístico da Parada, Gilbert Santos. 

"Procuramos valorizar os artistas locais e, ao mesmo tempo, garantir que todos se sintam representados, representadas e representades nas atrações", declarou Santos. Grupos de danças de diversas modalidades, drag queens em vários formatos de show, cantores e DJs da cena LGBT de BH se apresentarão no domingo. O cortejo sairá às 16h em direção à Praça Raul Soares. 

lgbt

Serviços

Além das manifestações artísticas previstas para o palco montado no local, uma praça com diversos serviços úteis à comunidade LGBT estará funcionando. O espaço vai oferecer atendimentos jurídicos relacionados a assuntos como nome social, pela Defensoria Pública de Minas Gerais, além de orientações psicossociais, dadas pelo Conselho Regional de Psicologia de Minas Gerais (CRP-MG)

Em entrevista ao Hoje em Dia, o coordenador da Parada, Azilto Viana, explicou também que uma barraca vai oferecer informações de saúde, com esclarecimentos acerca de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e orientações sobre a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), e distribuirá camisinhas.