A partir da meia-noite desta quinta-feira (3), a passagem dos ônibus de Belo Horizonte volta a custar R$ 4,50. A informação foi confirmada pela BHTrans, que comunicou que cumprirá a decisão do desembargador Carlos Augusto de Barros Levenhagen, que derrubou a liminar que mandou baixar o valor da tarifa para R$ 4,05.

O aumento de 11% foi anunciado pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) na última quarta-feira (26), após divulgação dos resultados da auditoria contratada pelo executivo para abrir a "caixa-preta da BHTrans".

Novela

No último domingo (30), a tarifa dos coletivos da capital teve aumento de R$ 0,45, passando de R$ 4,05 para R$ 4,50. Porém, no mesmo dia a juíza Dênia Francisca Corgosinho Taborda suspendeu o reajuste. 

Na ocasião, o prefeito Alexandre Kalil (PHS) informou que a prefeitura não iria recorrer da decisão. Após a notificação judicial, a redução ocorreu na terça-feira (1º).

Contudo, nesta quarta-feira (2), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) derrubou a decisão que suspendia o reajuste e, com isso, o valor voltou a ser reajustado.

Leia mais:

Tarifa do ônibus de BH pode subir a qualquer momento
Desembargador derruba liminar e passagem de ônibus volta a subir em BH
Sindicato recorrerá de decisão que baixou preço dos ônibus em BH
Setra diz que empresas não foram notificadas e passagem continua R$ 4,50 na capital
Passagens dos ônibus metropolitanos e intermunicipais ficam mais caras; confira o reajuste