Será realizada, neste sábado (27), a 5ª edição da “Caminhantes – caminhada pelos transplantes”, no Parque Municipal, no Centro de Belo Horizonte. Centenas de pacientes transplantados, pacientes em fila de espera e seus familiares devem se reunir no local. O objetivo do projeto, promovido pelo Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), é conscientizar a sociedade sobre a importância da doação de órgãos, tecidos e medula óssea. 
 
Equipes de transplantes do hospital e demais profissionais, como médicos, nutricionistas, profissionais da enfermagem, terapeutas ocupacionais e psicólogos, vão promover ações de saúde. Entre as atividades que serão disponibilizadas estão medição de pressão arterial, do índice de massa corporal (IMC) e de glicemia, além de dicas para uma alimentação saudável. Haverá ainda atividades de alongamento e orientações sobre cuidados com a pele.
 
De acordo com o médico Agnaldo Soares Lima, coordenador do Grupo de Transplante de Fígado no HC, a “Caminhantes” é importante na disseminação de informações sobre transplantes. ”Para que a sociedade participe da causa, é necessário que o assunto extrapole os limites físicos do hospital, dando visibilidade às pessoas beneficiadas pelos transplantes. Isso estimula reflexões sobre o tema”, disse.
 
As atividades serão realizadas das 8h às 11h. Estão confirmadas também as apresentações culturais de percussão do grupo Árvore da Vida, de dança dos alunos do Colégio Logosófico e de taekwondo dance, do Núcleo de Assistência Social Cultural e Esporte Recreativo (Nascer).
 
Considerado o maior centro transplantador do Estado, o Hospital das Clínicas realizou, somente no primeiro semestre de 2014, 55 transplantes de córnea, 33 de fígado, 24 de médula óssea, 20 de coração, oito de rim, dois de pulmão e um de pâncreas-rim.
 
Ao londo de 2013, o hospital fez 85 transplantes de córnea, 36 de fígado, 30 de médula óssea, 27 de rim, 26 de coração, quatro de pâncreas-rim e dois de pulmão.