A Prefeitura de Belo Horizonte publicou no Diário Oficial do Município (DOM) desta quarta-feira (16) o edital de licitação para contratação de mais uma etapa de obras para prevenção de enchentes na avenida Vilarinho e na rua Dr. Álvares Camargos, localizadas na região de Venda Nova, na capital mineira.

Esta é a terceira etapa e conta com investimento de, aproximadamente, R$ 152,4 milhões, com recursos financiados pela Caixa Econômica Federal. O prazo de execução é de 36 meses, a partir da primeira ordem de serviço. As propostas das empresas interessadas serão julgadas até 25 de janeiro de 2021.

As obras serão realizadas para otimização do sistema de macrodrenagem dos córregos Vilarinho, Nado e Ribeirão Isidoro. Para isso, serão implantados reservatórios profundos chamados de Nado 1 e Vilarinho 2, que irão aliviar as inundações recorrentes nas vias. Todos os trabalhos serão supervisionados pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap).

Na terceira etapa está prevista a implantação de dois reservatórios subterrâneos, com capacidade de armazenamento de 105.700m3 cada um deles, incluindo a laje de cobertura. “Quando os grandes reservatórios ficarem prontos, nós vamos conseguir armazenar e depois escoar, quando a chuva passar, um volume de aproximadamente 115 milhões de litros de água cada um. Além disso, já está em andamento, simultaneamente, a primeira fase das obras, que são os córregos Lareira e Marimbondo, e a segunda frente de obras, que é a implantação da caixa de captação na confluência dos córregos Vilarinho e Nado”, explicou o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho.

Todas as demais informações do processo licitatório, assim como o edital, podem ser acompanhados no portal da PBH.

Leia mais: 
BH e região correm risco de desabastecimento de água, conclui relatório de vereadores da capital
Jovem de BH vence a Covid-19, depois de ser intubado no dia de seu aniversário de 23 anos
Concessão do Aeroporto da Pampulha e Mineirinho pode tornar BH polo de entretenimento, diz Estado