Um clube que funcionava de forma irregular no bairro Ouro Minas, região Nordeste de Belo Horizonte, foi interditado pela Prefeitura de Belo Horizonte nesta segunda-feira (17).

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram dezenas de pessoas se confraternizando no local, sem o uso de máscaras e  descumprindo outras medidas de prevenção ao coronavírus. A aglomeração teria ocorrido no último domingo.

Por meio de nota, a PBH afirmou que o proprietário do imóvel não foi multado, mas que em caso de reincidência poderá caçar o Alvará de Localização e Funcionamento (ALF) do estabelecimento e aplicar uma multa no valor de R$ 17.614,57.

A reportagem tentou contato com o proprietário do clube, sem sucesso. O espaço continua aberto. 

Atualmente Belo Horizonte está na  fase 1 de flexibilização do comércio. O funcionamento de clubes sociais está previsto apenas no estágio 3 da retomada das atividades não essenciais na cidade.

 De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta segunda, Belo Horizonte registra até o momento 28.649 casos de Covid-19, com 813 óbitos.

Confira a nota enviada pela PBH sobre a interdição do clube:

A Prefeitura de Belo Horizonte esclarece que interditou nesta segunda-feira, dia 17, um clube localizado no bairro Ouro Minas, por descumprimento dos decretos que tratam da COVID-19.  Não foi aplicada multa.

O descumprimento das regras pode resultar no recolhimento do Alvará de Localização e Funcionamento (ALF) do estabelecimento. Se o mesmo insistir, a Subsecretaria de Fiscalização pode interditar o estabelecimento. E se houve houver o descumprimento da interdição pode ser aplicada multa no valor de R$ 17.614,57.