Seis dias após criar protocolo para a volta das academias em Belo Horizonte, a prefeitura publicou nesta quinta-feira (3) uma portaria proibindo crossfit e a realização de atividades físicas em duplas, trios ou grupos acompanhados por profissionais. O segmento está autorizado a funcionar desde a última segunda-feira (31), desde que sigam regras sanitárias definidas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA).

No protocolo publicado em 29 de agosto, a orientação para essas modalidades era a mesma para as demais oferecidas pelas academias, como manter distanciamento de sete metros quadrados entre as pessoas e higienizar as mãos frequentemente com álcool em gel. Como medida complementar, o documento informava que os alunos não poderiam permanecer no espaço após as aulas.

A mudança anunciada nesta quinta, segundo a SMSA, justifica-se porque “essas atividades, por serem coletivas, pressupõem, inevitavelmente, a proximidade dos praticantes, facilitando em muito a transmissão da Covid-19”. 

Modalidades liberadas

Ainda segundo a portaria publicada nesta quinta, as aulas individuais de boxe, karatê e muay thai não sofreram alterações. Mas essas modalidades devem ser oferecidas em locais arejados e se as medidas de distanciamento físico puderem ser garantidas, preservando o uso obrigatório e correto da máscara.

Em caso de corrida, o distanciamento mínimo entre cada praticante deverá ser de 10 metros.

Leia Mais:
Academias reabrem nesta segunda em BH após mais de cinco meses fechadas; veja o vídeo do novo no
Acrílico entre mesas e cardápio QR Code: saiba como será a retomada de bares e restaurantes em BH
Liberação de mais atividades econômicas deixa BH perto do que era antes da pandemia