A Prefeitura de Belo Horizonte informou, nesta terça-feira (13), que precisou reduzir a faixa etária de crianças que serão vacinadas contra a gripe na capital. O motivo é o quantitativo de doses enviado pelo Ministério da Saúde até o momento. 

Conforme a gestão municipal, a pasta federal enviou 86.800 imunizantes contra a Influenza, o que permitirá, por enquanto, proteger somente as crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias, além de gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde que atuam em hospitais (públicos, filantrópicos e privados), centros de saúde, Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O orientação do Ministério da Saúde para a 23ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza , no entanto, é que sejam imunizadas, nesta primeira etapa, crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias de idade, além dos demais públicos citados. Em Minas, segundo a pasta, a estimativa é proteger 8.433.049 pessoas. 

De acordo com a Secretaria de Saúde de BH, à medida que novas doses forem recebidas, o município irá ampliar os grupos a serem vacinados. O envio pelo Ministério da Saúde, segundo a prefeitura, tem sido feito de forma escalonada.

Na metrópole, a estimativa é atingir cerca de 3 mil crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias; 22 mil gestantes; 3 mil puérperas e cerca de 105 mil trabalhadores da saúde atuando em hospitais, Samu, Centros de Saúde e UPAs. A meta é vacinar 90% do público.

Produção de vacinas

Em nota, o Instituto Butantan, que produz as vacinas contra a gripe, informou que se organizou para cumprir as entregas tanto do imunizante contra o coronavírus quanto a da gripe para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. O órgão disse ainda que o cronograma de entrega das doses está em dia e que não há "nenhuma dificuldade na produção ou fornecimento do imunizante".

De acordo com o instituto, já foram entregues 7,3 milhões de doses contra a gripe para o governo federal e outras 20 milhões serão disponibilizadas ainda em abril. "No total o instituto fornecerá ao PNI até junho 80 milhões de doses da vacina contra o vírus Influenza. Vale ressaltar que a aquisição de vacinas e a logística de distribuição aos estados e municípios são atribuição do Ministério da Saúde", declarou.

Leia mais:
Quer saber como será a vacinação contra a gripe em BH? Assista ao vídeo
Funcionários da LG entram em greve por manutenção de empregos
Infectologista e lojistas divergem na véspera de definição da PBH sobre flexibilização