Como reforço na assistência a vítimas da dengue, a Prefeitura de Belo Horizonte abre, nesta segunda-feira (22), às 19h, uma Unidade de Reposição Volêmica na UPA Centro-Sul (Rua Domingos Viêira, 488 - bairro Santa Efigênia).

Essa reposição é uma terapia que propõe a reposição de fluidos corporais que geralmente são perdidos com a doença, como os do trato gastrointestinal. A administração, normalmente, é constituída de soro.

Conforme a PBH, o local será para atendimento exclusivo de pacientes que precisarem receber hidratação por soro e terá cerca de 25 leitos. O serviço funcionará 24 horas e receberá os pacientes encaminhados pelas outras UPAs.

No último sábado (20), alguns centros de saúde foram abertos justamente para reforçar esse atendimento médico. Houve reforço de enfermeiros nas unidades, insumos e capacidade de exames.

Ainda de acordo com a prefeitura, desde o dia 11 deste mês foram contratados 70 profissionais, sendo 37 médicos. Ainda há 68 vagas abertas para médicos e 87 para outras categorias que atuam na área da saúde. Os interessados devem cadastrar seus dados no banco de currículos eletrônico, disponível no portal da Prefeitura.
 

sintoma zika chicungunha dengue

Clique para salvar ou ampliar

Leia mais:

Minas já tem um a cada 4 casos de dengue no país

Gripe antecipada e dengue forçam 'plano B' na saúde em BH

Com 322 mil casos no País, dengue tem alta de 29% em duas semanas

Minas tem mais 22 mil casos de dengue em apenas uma semana