A partir da próxima segunda-feira (24), a Prefeitura de Belo Horizonte vai reduzir de nove para três os centros de saúde com funcionamento 24 horas para atender casos de baixa e média complexidade não respiratórios.

Segundo a PBH, a medida foi tomada porque houve uma redução de 34% na procura por atendimento nos últimos dois meses. Em março, diante do aumento expressivo na demanda nas UPAs da capital, provocado pelo novo coronavírus, nove unidades foram reestruturada para prestar essa assistência.

No total foram cerca de 25 mil atendimentos. Só vão permanecer abertas, ainda conforme a prefeitura, as três unidades que apresentaram a maior procura. "As nove UPAs do município também seguem atendendo ininterruptamente, todos os dias. É importante reforçar que vamos continuar com a avaliação diária do cenário epidemiológico do município e, havendo necessidade, podemos adotar novamente a estratégia, com o objetivo de ofertar a melhor assistência para a população”, afirma a subsecretária de Atenção à Saúde, Taciana Malheiros.

Confira os endereços dos centros que continuam funcionando 24 horas:

  • Centro de Saúde Barreiro de Cima: praça Modestino Sales Barbosa, 100 - Flávio Marques Lisboa
  • Centro de Saúde Santa Terezinha: rua Senador Virgílio Távora, 157 - Santa Terezinha
  • Centro de Saúde Santa Mônica: rua dos Canoeiros, 320 - Santa Mônica

Leia Mais:
Região do Jequitinhonha regride para a Onda Vermelha do Minas Consciente neste sábado
Idoso usa documento do irmão falecido para receber vacina contra a Covid em Minas
Zema alerta para risco da 3ª onda da Covid e reafirma que toda população será vacinada em 2021