Além do adiantamento do salário para a próxima terça-feira (1º) e o pagamento integral do 13º em 10 dezembro, a Prefeitura de Belo Horizonte anunciou nesta sexta-feira (27) que vai quitar as férias-prêmio, concedida a cada 10 anos de trabalho até 2017 e a cada 5 anos a partir de dezembro de 2017, para todos os servidores que requereram o benefício. 

Ao todo, 5.876 trabalhadores receberão o auxílio, totalizando R$ 141 milhões. Os valores serão creditados em 1º de dezembro, juntamente com o salário.

A medida, segundo a prefeitura, é para estimular as compras e minimizar os impactos da pandemia no comércio da capital. Somados, os três benefícios vão injetar R$ 652 milhões na economia no município.

A PBH informou ainda que, no caso específico dos servidores da Educação, o pagamento das férias-prêmio será feito em duas etapas, sendo em 1º de dezembro para aqueles que abriram o processo até o dia 1º de dezembro de 2019 e folha de dezembro, a ser paga em janeiro, para os que registraram o pedido até 30 de outubro de 2020.