A terceira edição da Campus Party chegou à Serraria Souza Pinto, no Centro de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (7). O evento, considerado um dos maiores encontros de tecnologia do mundo, deve receber cerca de 30 mil visitantes até sábado (10). 

Nesse ano, a novidade é que a Campus acontece inteiramente gratuita. Nos quatro dias, aproximadamente 100 horas de conteúdo, incluindo 70 palestrantes e maratonas hacker, mais conhecidas como hackathons, além de workshops abordando temas como Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo. 

A Campus Party Experience é apresentada pela Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (FINIT) e, também, resultado da parceria feita pela MCI, organizadora da Campus Party, com a iniciativa privada.

A Campus Party conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. 

Programação 

Palestrantes - O evento terá em torno de 70 palestrantes entre eles: Andrew Humphries, um empreendedor em série e co-fundador da The Bakery, primeira aceleradora de desafios corporativos do mundo com sede em Londres/Reino Unido. Com metodologia própria e uma rede de mais de 6 mil startups e inovadores espalhados pelos quatro cantos do planeta, a The Bakery já apoiou dezenas de grandes corporações e multinacionais de todo o mundo a inovarem mais eficientemente através de conexões com startups e programas de inovação aberta; Willian Gordox, primeiro caster brasileiro, streamer nas horas vagas de League of Legends. Conhecido pela sua "habilidade no game", é especialista em FPS e Moba, atuando em jogos como: Assault Fire; Crossfire; CSGO; CS 1.6; Combat Arms; Point Blank e League of Legends.
 
Também estão confirmados o cartunista Maurício Ricardo, um dos pioneiros e mais premiados produtores de conteúdo da internet brasileira, que apresentará reflexões sobre os pontos altos e baixos de sua carreira no jornal e na TV; a bacharel em sistemas de Informação Dani Marinho, que contará como a ida à NASA mudou sua história; e o engenheiro eletrônico Mauro Carrusca, especialista em Inovação, Design Thinking e Empreendedorismo pela Babson, nos Estados Unidos. Ele, por sua vez, falará sobre a Era da Aceleração, ou seja, como a inovação colaborativa pode produzir uma nova força propulsora para transformar e acelerar os negócios.

Workshops

Serão dois espaços destinados aos workshops: um voltado aos Coders (programação) e outro ao universo Maker. Entre os destaques, estão o Mobiliza 360: imersão para mobilização, que apresentará as tecnologias de realidade virtual como ferramentas para a gestão pública, promovendo inovação na maneira como as políticas públicas são produzidas; o Creathon Turma da Mônica - Computação Criativa na prática, no qual serão abordados os conceitos da aprendizagem criativa aplicada à computação e o desenvolvimento de ideias baseadas em problemas reais; e um workshop que ensinará a desenvolver dispositivos profissionais em Internet das Coisas. 

Include – Projeto do Instituto Campus Party, o Include consiste na criação e montagem de laboratórios de robótica para aproximar jovens (menores de 18 anos) moradores de comunidades carentes da tecnologia e que tem como objetivos, identificar talentos dentro de comunidades menos favorecidas do país, criar vias para que possam estudar em escolas especiais, encaminhá-los ao mercado de trabalho para que saiam com emprego após a participação no programa e, mais do que isso, prepara-los para que consigam levar soluções para a própria comunidade usando a tecnologia, sem depender da ajuda externa.  No sábado, 10 de novembro, às 13h, Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party, contará mais sobre o projeto.

Startups & Makers – O programa reunirá 48 startups, sendo 24 em Early Stage (estágio embrionário) e 24 em Growth Stage (estágio mais avançado) com projetos ligados às áreas de saúde, educação, mobilidade urbana, terceiro setor, automotivo, financeiro, alimentação, esporte, entre outros. As startups apresentarão seus projetos e passarão por mentorias e coaching com especialistas. 

Campus Future - Por meio de uma comissão julgadora composta pelos curadores de conteúdo da Campus Party, foram selecionados 16 projetos acadêmicos para a mostra acadêmica dirigida a estudantes universitários e de ensino médio técnico de todo o País. A mostra funcionará de maneira interativa, com espaço para que os visitantes possam experimentar os protótipos e se divertir com as invenções criadas pelos universitários. 

Batalha de Drones – Uma competição aberta a qualquer pessoa com mais de 10 anos de idade, selecionados de acordo com gincanas promovidas no local. Os participantes são submetidos a diversos desafios e os melhores se enfrentam no final. Ganha aquele que derrubar o drone do adversário primeiro ("Dois drones entram, um drone sai"). 

FreePlay - O espaço FreePlay é dedicado a diversas modalidades de games, como, por exemplo, League of Legends (LOL), Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), Dota 2, Fifa e Street Fighter V (os dois últimos quando há consoles disponíveis). No espaço serão disputados campeonatos com times que se inscreveram na hora. 

Maker Fair - No dia 10 de novembro, sábado, a Campus Party receberá uma Mini Maker Fair, que contará com cerca de 50 expositores. Lá, os visitantes poderão ver e interagir com os mais diferentes objetos feitos por “artesãos” de todo o país. 

Hackathons 

BNDES Negócios: estudantes e profissionais de TI, Design, Administração/Gestão, Marketing Digital e Comunicação poderão conhecer como o BNDES promove desenvolvimento econômico e social. A partir disso, poderá criar soluções para que mais empresas tenham acesso a recursos, com taxas competitivas. Regulamento e inscrições: https://bndesnegocios.splashthat.com

Hackathon BNDES Transparente: “Identificar e responder fake news relacionadas ao BNDES". O BNDES fomenta negócios para empresas de todos os tamanhos e às vezes notícias falsas sobre suas operações são divulgadas. Serão convidados estudantes e profissionais de TI, Análise de Dados, Design, Administração/Gestão, para desenvolver soluções que respondam de forma rápida e adequada com informações qualificadas para a sociedade. Mais informações e inscrições: https://bndestransparente.splashthat.com 

Hackathon PRODEMGE Inteligência Artificial: Cidadania e Inteligência artificial para melhorar os serviços públicos. O hackathon PRODEMGE irá utilizar uma base de dados com as sugestões dos cidadãos. Os campuseiros deverão utilizar Inteligência  Artificial e Ciências de Dados para  analisar e gerar  soluções a partir das informações obtidas. Inscrições no link: https://hprodemge.splashthat.com