No primeiro dia de paralisação dos servidores da educação estadual realizado nesta segunda-feira (11), 125 escolas confirmaram paralisação total das atividades. Em Minas, 3.461 unidades escolares estão vinculadas ao Estado. A informação é da Secretaria de Estado de Educação (SEE).

Durante o último congresso dos trabalhadores em educação da rede estadual de Minas Gerais promovido pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), entidade que representa a categoria, os servidores aprovaram a paralisação total das atividades da educação no Estado até que o governo do Minas efetue o pagamento da primeira parcela dos salários.

A mobilização tem como objetivo também pressionar o governo a mudar sua política de parcelamento dos salários e retornar a realizar o pagamento dos salários no quinto dia útil.

De acordo com uma nota divulgada pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), o órgão foi notificada pelo Sind-UTE sobre a paralisação das atividades da categoria a partir desta segunda-feira (11).

Ainda de acordo com a SEE, “como já anunciado pelas Secretarias de Estado de Fazenda (SEF) e de Planejamento e Gestão (Seplag), a primeira parcela será paga na próxima quarta-feira (13/6) e os critérios para pagamento dos salários permanecem os mesmos dos meses anteriores”.

O Hoje em Dia entrou em contato com o Sind-UTE/MG, através da sua assessoria de comunicação, para saber qual foi o balanço da adesão dos servidores da esducação estadul ao movimento neste primeiro dia de paralisação, mas a assessoria não possuia essa informação.

Nesta terça-feira (12), a Proposta de Emenda à Constituição Estadual (PEC 49), que tramita na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), e propõe o pagamento do piso nacional dos professores, terá parecer votado na Comissão Especial às 15h30, no auditório José de Alencar, na ALMG.

De acordo com informação do Ministério da Educação, o piso nacional do magistério em 2018 é de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais.

Veja o calendário de pagamento dos servidores do Estado, divulgado pelas secretarias estaduais de Fazenda e Planejamento e Gestão, aqui.

Notificação Sind-UTE/MG

Notificação de Sind-UTE/MG à Secretaria de Estado de Educação sobre a paralisação da categoria iniciada nesta segunda-feira (11).

Leia mais:

Sind-UTE convoca ato contra o parcelamento dos salários dos servidores em Minas

PEC para implementar em Minas o piso nacional dos professores é aprovada em comissão da ALMG