Ao menos cinco pessoas morreram e 20 ficaram feridas em acidentes nas estradas mineiras durante o feriadão de fim de ano. As ocorrências mais graves foram registradas na sexta-feira em Montes Claros, no Norte de Minas, e em São Gonçalo do Rio Abaixo, na região Central do Estado.

Na primeira, 18 pessoas ficaram feridas na colisão de um ônibus e uma carreta na BR-365. Uma criança de dois anos e um bebê de quatro meses estão entre os atingidos. O motorista ficou preso entre as ferragens, sendo resgatado pelos bombeiros.

Já em São Gonçalo do Rio Abaixo, na BR-381,quatro pessoas perderam a vida após uma batida frontal entre um carro e uma carreta bi-trem. Todas as vítimas estavam no veículo de passeio.

A quinta morte aconteceu no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, na segunda-feira, quando o motorista de um carro capotou e colidiu com um poste. O acidente ocorreu na altura do bairro Universitário, na região da Pampulha.

Balanço com o total de feridos e mortos e também dos acidentes será divulgado hoje pelas polícias Rodoviária Federal e a Militar Rodoviária, que realizaram operações especiais entre 28 de dezembro e 1º de janeiro.

34 pessoas morreram de 21 a 25 de dezembro, no recesso de natal; foram 624 feridos em 515 acidentes em rodovias estaduais e federais

Restrições

Quem vai pegar a estrada para curtir as férias deve se atentar para as condições das estradas, especialmente neste período de chuvas fortes e constantes. Além do fluxo maior de veículos no período, buracos, erosões, pontes com limitações de peso, obras e desvios demandam cuidado redobrado. 

São pelo menos 55 trechos com restrições de tráfego, sendo 30 pontos nas pistas federais e 25 nas estaduais, conforme levantamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). 

Um dos locais com mais problemas está na BR-381, principal rota que liga Minas ao litoral do Espírito Santo, destino muito procurado pelos mineiros nas férias. Além das curvas acentuadas, a sinalização está precária em alguns pontos. Já na BR-251, que dá acesso à Bahia, buracos e obras pelo caminho. Veja os trechos com problemas: Na saída para as festas, motoristas vão encontrar 55 trechos com problemas nas rodovias mineiras.

Leia mais:

Seis radares começaram a operar nas estradas mineiras a partir desta terça; confira

Viagem de BH a João Monlevade pode levar até 4 horas por causa de congestionamento na BR-381

Enchente e alagamento deixam pessoas ilhadas na estrada que dá acesso a Sabará; veja imagens