Pesquisa de vacina contra Covid-19 da UFMG receberá R$ 30 milhões do acordo da Vale

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
13/08/2021 às 18:02.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:40
 (Flávio Fonseca/Arquivo pessoal)

(Flávio Fonseca/Arquivo pessoal)

O desenvolvimento da vacina Spintec contra a Covid-19, da UFMG, ganhará um apoio de R$ 30 milhões referentes ao acordo judicial de reparação pela tragédia de Brumadinho, na Grande BH, firmado entre o Estado e a Vale. A destinação foi anunciada nesta sexta-feira (13) pela Assembleia Legislativa de Minas.

De acordo com a Casa, outros R$ 54,5 milhões serão investidos em ações e instituições de assistência a pessoas e segmentos em situação de vulnerabilidade social, como os hospitais da Baleia e Mário Penna, em Belo Horizonte. Veja abaixo a divisão completa dos R$ 84,5 milhões em recursos:

  • Spintec/UFMG: R$ 30 milhões;
  • Rede Cuidar: R$ 25 milhões;
  • Bolsa Reciclagem: R$ 10 milhões;
  • Hospital da Baleia: R$ 9,5 milhões;
  • Instituto Mário Penna: R$ 5 milhões;
  • Comitê PopRua: R$ 5 milhões.

A Spintec é um dos três projetos brasileiros de imunizantes contra a Covid-19 em estado mais avançado de criação. "A UFMG demonstrou, com a ajuda da ALMG, que é muito mais que uma instituição de formação; é uma instituição que cuida das pessoas, por meio de seus projetos de pesquisa e extensão", afirmou a reitora da UFMG, Sandra Goulart.

De acordo com o presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), o repasse direto de recursos para entidades assistenciais não estava previsto no acordo original com a Vale, mas acabou sendo incluído após atuação parlamentar. "A opção da Assembleia foi de permanecer ao lado de quem mais precisa", disse.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por