Aproximadamente R$ 5. Esse poderá ser o preço de um teste rápido para o diagnóstico da Covid-19. Os estudos para desenvolver o exame de baixo custo são feitos por pesquisadores da UFMG. A expectativa é disponibilizá-lo no mercado em um ano. No entanto, para que o projeto saia do laboratório é necessário o investimento de R$ 1,5 milhão. 

Na tentativa de arrecadar esse valor, os cientistas recebem doações pela internet. Na página da campanha é possível verificar como é feito o trabalho, a expectativa do grupo e como ajudar. Atualmente, em uma clínica particular, o procedimento para detectar o novo coronavírus custa cerca de R$ 300.

“O objetivo é desenvolver milhares de testes com baixo custo e que libere rápido o resultado para não impactar o Sistema Único de Saúde (SUS)”, explicou o coordenador da pesquisa, Rodolfo Giunchetti.

A arrecadação também é importante para que sejam feitas análises do teste na Alemanha. Nesse caso, o custo pode chegar a R$ 600 mil. “Não são valores altos diante dos benefícios que os testes podem trazer para a sociedade sem comprometer a saúde pública”, destacou Giunchetti.

O teste, que pode ser o primeiro criado no Brasil, também visa a desenvolver uma tecnologia nacional capaz de tornar o Brasil autossuficiente na produção do insumo biotecnológico para detectar a Covid-19.

UFMG

Expectativa do teste

Em até 2 meses: 
- Produção parcial dos alvos antigênicos e triagem preliminar do desempenho diagnóstico por ensaio imunoenzimático (ELISA);   
- Validação parcial dos antígenos e, a depender dos resultados preliminares, disponibilização dos antígenos para compor ensaios imunoenzimáticos (ELISA) em testes comerciais, após transferência tecnológica, resultando em fornecimento do kit para o Ministério da Saúde.

Em até 12 meses: 
- Definição dos principais antígenos de alto desempenho diagnóstico e início do protótipo do teste rápido; 
- Disponibilização dos antígenos com ampla validação para compor ensaios imunoenzimáticos (ELISA) em testes comerciais; 
- Transferência tecnológica da patente para empresa de diagnóstico e início da comercialização e fornecimento ao Ministério da Saúde.

Após 12 meses: 
- Conclusão da validação do protótipo de teste rápido, 
- Transferência tecnológica da patente do produto para empresa de diagnóstico e início da comercialização e fornecimento para o Ministério da Saúde. 

Como doar

Banco Cooperativo do Brasil (SICOOB - 756), Agência: 4027, Conta Corrente: 40.010.668-0, em nome de Vet Solutions Pesquisa e Consultoria Ltda, CNPJ: 29.157.594/0001-20

Encaminhar recibo para WhatsApp: (31) 9 9283-1505