A Polícia Federal prendeu preventivamente um dos maiores falsificadores de documentos da região de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, na manhã desta sexta-feira (24). Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão no local. 

De acordo com a PF, o homem adulterava carteiras de identidade para criar vínculos familiares entre pessoas que se passavam por pais e filhos menores de idade. Com esses documentos falsos, as pessoas pleiteavam a obtenção de passaportes ideologicamente falsos, para viajarem para os Estados Unidos por rotas alternativas. 

Lá chegando, os passaportes eram usados pelos investigados durante abordagens pelas autoridades locais, na tentativa de evitar serem presas ou deportadas em razão do vínculo com um menor.