A Polícia Federal (PF) de Montes Claros, no Norte de Minas, informou que prendeu nesta semana um estelionatário de 55 anos. O suspeito foi flagrado utilizando documento falso em um cartório de Registro Civil da cidade. Ele tentava se passar por outra pessoa, conforme a corporação.

O delegado Thiago Garcia Amorim acredita que o homem seja integrante de uma quadrilha de estelionatários que atua na falsificação de documentos de proprietários de imóveis em Montes Claros.

Segundo o investigador, os integrantes da quadrilha conseguem informações sobre os imóveis e depois falsificam os documentos dos donos. "De posse dos documentos pessoais, lavravam procurações públicas ideologicamente falsas e negociavam a venda do imóvel, registrando a transferência no cartório de registro de imóveis”, pontua.