O espaço que funcionou como unidade da extinta Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor (Febem), em Belo Horizonte, hoje dá lugar ao empreendedorismo e ao ensino gratuito de arte, tecnologia, idiomas, design e moda para adolescentes e jovens de Belo Horizonte e região metropolitana. Desde 2009, o PlugMinas – Centro de Formação e Experimentação Digital – já capacitou mais de 4 mil alunos e ex-alunos da rede pública.

No local, garotos e garotas de 14 a 24 anos aprimoram conhecimentos, estimulam a sensibilidade e preparam-se para o mercado de trabalho. Atualmente, cerca de 2 mil pessoas participam do programa, dividido em seis núcleos, com cursos de curta e longa duração.

APRENDIZADO

A experiência significou mudança de vida para Glayciene Renata da Costa, de 21 anos. Ela entrou no PlugMinas por meio do núcleo Valores de Minas, aos 17 anos, e fez aulas de música, teatro e dança.

“Aprendi a me valorizar. Não é uma aula qualquer. O aluno interage com o ambiente, as pessoas e a forma de ensino. Hoje, canto profissionalmente e também ajudo a divulgar o programa em escolas”, afirma Glayciene, que agora atua no PlugMinas como auxiliar pedagógica.

Segundo a diretora de Projetos Especiais do PlugMinas, Samira Ávila, os cursos estimulam a autonomia, o potencial e a participação social do jovem, com uma formação de qualidade voltada para o mercado de trabalho.

“Além das aulas, os alunos ainda discutem problemas sociais”, completa a superintendente pedagógica Iara Fernandez.

CHANCE

O PlugMinas está com inscrições abertas até 25 de julho. Há 825 vagas em 13 cursos nas áreas de criação, design, multimídia, audiovisual e artes. O cadastro é gratuito e acontece duas vezes por ano, pela internet. Depois, há uma seleção dos interessados.

Em 2013, mais de 12 mil jovens se inscreveram nos processos seletivos, que ofertaram 1.210 vagas. Além do aprendizado, os alunos também ganham alimentação, uniforme, material didático e vale-transporte.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.plugminas.mg.gov.br. A unidade funciona na rua Santo Agostinho, 1.441, Sagrada Família, região Leste de Belo Horizonte.