Uma ocorrência no mínimo inusitada mobilizou o pelotão de Meio Ambiente da Polícia Militar de São Lourenço, no Sul de Minas, nesta quinta-feira (8). Os militares foram acionados após uma denúncia de maus-tratos contra animais em Baependi. Mas, quando a polícia chegou ao sítio foi constatado que o cachorro, motivo da queixa, era um enfeite de plástico.

De acordo com a denúncia, o animal, da raça rottweiler, estaria sendo deixado por vários dias exposto ao sol e preso a uma corrente sempre no mesmo lugar. Além de não ser alimentado pelos donos.

A polícia confirmou que o cachorro era uma ornamentação de jardim e era usado pelo casal dono do imóvel para tentar assustar criminosos que desejassem entrar no sítio.

Como nada de irregular foi detectado, a ocorrência foi encerrada.

Sítio do cachorro de plástico