Um policial militar foi ferido a tiro, e socorrido ao Hospital Risoleta Neves, durante operação para desmobilizar uma festa que reunia cerca de 300 pessoas na Rua Paquetá, 1.420, bairro Granjas Primavera, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada deste domingo (30).

Um vizinho do local denunciou à PM que estava ocorrendo uma aglomeração com centenas de pessoas próximo à sua casa e, ao chegarem ao endereço, segundo informações da assessoria de imprensa da corporação, os militares perceberam, pela grande quantidade de carros estacionados, que haveria centenas de pessoas na festa.

Ainda de acordo com a assessoria da PMMG, os policiais tentaram fazer contato com os responsáveis pela aglomeração – proibida, em razão da pandemia de Covid-19 -, mas foram hostilizados pelos presentes, que jogaram pedras, garrafas e outros objetos nos militares.

Bope

Quando um dos PMs percebeu que havia sido ferido na orelha a tiro, pediu reforço do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do helicóptero Pegasus, já que algumas pessoas que estavam na festa fugiam por uma mata próxima ao local.

A operação identificou o responsável pela festa e tanto ele quanto outras cinco pessoas foram conduzidas à Delegacia de Ribeirão das Neves. Além da proibição desse tipo de evento, a PMMG informou que eles poderiam ser autuados por lesão corporal.

O policial socorrido no Hospital Risoleta Neves foi ferido de leve, realmente por tiro, e já recebeu alta médica. A Polícia Militar vai apurar quem teria atirado contra ele.

Leia mais:

Estado registra mais de 5,5 mil novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Força-tarefa do Estado visita municípios para orientar sobre como enfrentar possível 3ª onda

PBH encerra hoje cadastro para vacinação de pessoa com deficiência que não tem BPC